Coleção: Mouchão

Thomas Reynolds regressa ao Porto e funda a companhia Thomas Reynolds & Son, dedicada à exportação de Vinho do Porto, azeite, lã e cortiça antes de se mudar para o Alentejo para se dedicar em exclusivo ao negócio da cortiça.

Meados do Séc. XIX

Os Reynolds arrendam a Herdade do Mouchão, uma das muitas propriedades onde produziam cortiça. Robert, filho de Thomas, assume a gestão do negócio.

No princípio da década de 1890

John inicia a construção da habitação familiar e edifícios dedicados à actividade agrícola. Ele e o seu irmão, Raphael, casam com duas também elas irmãs, Isabel e Cristina Andrade Bastos.

1901-1904

Conclusão da construção da nova adega do Mouchão.

0 itens

Lamentamos, mas nenhum produto corresponde à sua pesquisa.